Já pensou em substituir o carro pela bicicleta?

Rotinas podem ser simplificadas com o uso da bicicleta

O uso da bicicleta cresceu significativamente nos últimos anos, principalmente em centros urbanos. Porém, não é essa estatística que nos impacta. A poluição do ar causa, no mundo, cerca de 5,5 milhões de mortes por ano. Só em São Paulo, são aproximadamente 4.700 mortes anuais.

Mais de 90% da poluição em grandes cidades é oriunda de automóveis. Atualmente, no Brasil, está em circulação 1 automóvel para cada 4 pessoas. Isso sem contar o restante dos veículos movidos a combustíveis que liberam poluentes.

Somente no estado de São Paulo está localizado cerca de um terço do total da frota do país, seguido estatisticamente de Minas Gerais, Rio de Janeiro e estados da Região Sul. Só no ano de 2015 os níveis de monóxido de carbono no ar da capital ultrapassaram 400 vezes o valor considerado normal. O que faz os paulistanos viverem em média dois anos a menos do que o restante da população brasileira. Dezenas de doenças estão relacionadas a má qualidade do ar. Dentre elas as doenças respiratórias, como bronquite crônica e asma, pneumonia, câncer de pulmão e até mesmo a depressão.

Se não houver uma mudança radical no estilo de vida do brasileiro, até 2050 as estatísticas de morte causadas pela poluição terão aumentado consideravelmente. Baseado nisso, um novo movimento surgiu, o “Vá de Bike” (http://vadebike.org). Se as estatísticas negativas do uso de automóveis não foi o suficiente para lhe convencer a trocar o carro pela bicicleta, isso que nem tocamos nas mortes causadas pelo trânsito, vamos lhe dar motivos para colocar a bicicleta na sua rotina.

Além da economia de dinheiro, e de tempo em grandes centros urbanos, principalmente nos horário de pico, andar de bicicleta diariamente aumenta a qualidade de vida, reduz o stress e melhora a saúde física e mental. Fazer exercícios libera endorfina, o que colabora com relaxamento muscular e mental, além de deixar a pessoa mais animada e feliz.

Estatísticas comprovam que quem faz exercícios físicos, principalmente nas primeiras horas do dia, acaba tendo maior produtividade e um melhor desempenho nas atividades diárias, pois diminui estresse. Andar de bicicleta diariamente aumenta a expectativa de vida, reduz a obesidade, colabora no desenvolvimento da massa muscular e melhora a capacidade respiratória.

E os benefícios não são apenas físicos. Ir de bicicleta para o trabalho, por exemplo, também diminui o risco de assaltos e acidentes. Por que não substituir horas de stresse, trânsito, poluição, improdutividade, por minutos de exercícios físicos que farão a diferença na sua vida?! Passando a fazer parte da rotina, a bicicleta melhora a qualidade de vida de quem a utiliza e de quebra colabora com o planeta.

Mais de Let'sGym Blog